Instalar Fedora 12 – BrOffice em um pendrive.


O procedimento para instalar o Fedora 12 – Constantine em um pendrive é o mesmo que no Fedora 10 e 11 mudando apenas a versão. Para quem não viu é só seguir este tutorial AQUI.

Para os que instalaram o Fedora 12 – Constantine no HD, baixem e instalem o EasyLilfe, programa que facilita a vida do usuário (experiente e não experiente). O EasyLife é um conjunto de scripts (do bem) que instalam e configuram codecs, plugin flash e java, entre outras, sem a necessidade de ter que digitar comandos, tudo muito fácil e prático.

Baixar o Easylife.

 

Anúncios

Instalando o Clonezilla em um Pendrive. Tutorial.


clonezilla3Como vocês (vocês dois) que acompanham o Blog podem já deve ter percebido eu tenho uma queda por instalar as coisas em pendrives, uma por serem mais práticos em carregar do que CD/DVD’s e outra é porque quando uma distribuição Linux é instalada no Pendrive fica com uma velocidade de uso muito parecida com uma instalação no HD melhorando a experiência de testar ou mesmo de usar tal distribuição e o que é melhor se estragar ou enjoar pode-se instalar outra vez ou mesmo instalar outra para novos testes.

Vamos lá.

Antes de tudo esse procedimento deve ser feito no Windows (quem disse que o Windows não serve pra nada).

Tenha a mão aquele pendrive velho de guerra (eu ainda estou usando o mesmo em todos o tutoriais).

Faça o Download do: Official Clonezilla Live Zip file for USB

Descompacte o conteúdo do arquivo baixado para o Pendrive.

Entre na pasta utils\win32 e dê dois clique no  makeboot.bat.

Espere o termino do processo e reinicie o computador pela USB.

Caracteristicas:

Pendrive mínimo 128 MB.

Não usa modo persistente, não dá para instalar nada, então não tem.

Site oficial: http://clonezilla.org



[Texto tirado e traduzido do PendriveLinux ]

Moblin 2.0. Ótima opção para Netbooks.


Bom com a grande variedade de netbooks por ai fica cada vez mais difícil escolher um modelo para adquirir, seja pelo preço (que aqui no Brasil não difere muito dos NoteBooks maiores), marca, capacidade wherever. Já no campo do sistema operacional não são tantas as escolhas, uma vez que não é tão trivial re/instalar um sistema operacional nesses pequenos, a maioria fica com o que veio nele de fábrica e os mais fuçadores acabam (estragando) trocando o sistema operacional.

Tela do Moblin 2.0 Beta

Tela do Moblin 2.0 Beta

Embora tenham algumas opções de sistema operacional os mais populares, ou seja, os que vem já instalados de fabrica são: Xandros (Asus Eeepc) e o Ubuntu Remix ambos são Gnu/Linux, o primeiro vem por padrão em muitos modelos do pequeno da Asus e o Ubuntu Remix corre por fora querendo abocanhar uma fatia desse mercado do outro lado temos o Windows (fim de carreira) XP que por ser considerado leve roda bem nessas máquinas (mas depois de instalar antivírus, antispyware e mais um monte de “antis” essa leveza vai para o beleléu sem contar que é um sistema obsoleto) outro que pode tomar o lugar do Windows XP é o Windows Seven, que vai ter versão para Netbooks, vamos ver no que vai dar.
Temos outras distros que fizeram suas versões para Netbooks também, mas ao meu ver são adaptações para cobrir uma lacuna ou tentar não desapontar os fãs da distro e dizer “-Ei nós também temos uma versão para Netbooks”, pode ser que isso mude no futuro quem sabe.

Nos últimos dias saiu a noticia que a Intel estava trabalhando em uma plataforma (Linux) para netbooks baseados em Atom, denominada Moblin 2.0 que esta em fase Beta mas já mostra a que veio. Ao que tudo indica essa distro não vai ser apenas mais uma no mundo, lutando pela liderança dos Sistemas Operacionais para Netbooks.

Oquê você tem um netbook ficou interessado em usar esse tal de Moblin 2.0 então os seus problemas acabaram (de começar hehehe), nas próximas linhas vou escrever como colocar o sistema Moblin 2.0 em um pendrive a partir do Linux e do Windows também para que você, meu amigo minha amiga, possa desfrutar e ajudar a melhorar esse S.O. Bora então.

1.baixar o Moblin (Dahh)
2.tenha um pendrive de pelo menos 1GB
3.copiar os arquivos da imagem para o Pendrive – calma que já vou explicar
4.dar o boot no netbook pelo pendrive
5.requerimento imprescindível – tem que ter um NetBook com chipset Intel

Botando a mão na massa. De preferência as duas.

No Windows:
Baixe esse programa.

Descompacte e rode o executável W32DiskImager.exe (veja a imagem)

Selecione a imagem do Moblin (.img)

Escolha a letra correspondente ao seu pendrive

Clique no botão “write”para começar a cópia dos arquivos para o pendrive (é uma cópia byte a byte, mais explicações na versão para linux do mesmo tutorial no próxmo post).

Agora de o boot no netbook pelo pendrive e divirta-se.

Até o próximo post.

Fedora 10 no PenDrive parte 2.


pen-lego-drive

pen-lego-drive

Para quem acompanhou o tutorial de instalação do Fedora 10 no Pendrive e teve dificuldades em conseguir no Fedora 10 versão nacional com o BrOffice.org este post tentará dar uma mãozinha.

Obs: Esse procedimento eu fiz após frustrantes procuras na internet a respeito do erro que dava. E a luz no fim do túnel so veio quando eu fiz o procedimendo no Windows, e deu certo então chequei a conclusão que não era necessario estar o pendrive desmonstado para fazer o procedimento, já que o windows não tem esse recurso (ele não tem nenhum recurso mesmo!).

Então mãos a Obra.

Um Bug (não sei se é um bug, mas aconteceu comigo) que me irritou durante uns dois dias, foi o fato de que o Liveusb-Creator 3,2 ultima versão, do Fedora 10 não estava funcionando corretamente com o Spin do Fedora 10 em Português (BrOffice.org).
Tudo começou quando fui instalar o Fedora-10-BROffice em um pendrive diferente do que eu já havia instalado várias vezes antes(nota: o mesmo processo foi feito como o Fedora 9 e o Fedora 10 Pré Release sem problemas) mas desta vez o negócio teimava em dar errado, simplesmente dava uma mensagem de divide não encontrado (ou algo do gênero) depois de muito procurar na Internet eu não achei nada, então tive uma ideia e botei-a em prática.

Vamos lá. Primeiro coloque o pendrive e espere ele ser reconhecido pelo sistema, irá aparecer no seu desktop um ícone com um nome, que é o mesmo nome que o sistema criou na pasta /media, no meu caso KINGSTON, clique com o botão direito do mouse sobre o ícone na área de trabalho e clique em desmontar volume, o ícone irá desaparecer e a pasta criada no diretório /media também.
Agora abra um terminal e torne-se root:

$ su
sua senha

Vá para o diretório /media.

# cd /media

E crie uma pasta (ponto de montagem) com o mesmo nome que o sistema reconheceu o seu pendrive. No meu caso KINGSTON

#mkdir KINGSTON -> Lembre-se de respeitar as maiúsculas e minusculas
# mount /dev/sdb1 /media/KINGSTON

Onde o “#” não precisa digitar “/dev/sdb1” é o nome dado ao meu pendrive no diretório /dev, mude de acordo com o seu sistema, e “/media/KINGSTON” é o diretório (pasta, ponto de montagem – chame como quiser) que você criou.

Agora prossiga com o tutorial normalmente, que dará (para mim deu) certo.

IMPORTANTE: Uma vez montado o pendrive como foi descrito acima não será possível desmontar via clique do mouse, botão direito e desmonta volume, terá que ser digitado o seguinte comando como root:

# umount /media/KINGSTON

Lembre de trocar o KINGSTON pelo nome correto do seu pendrive e não pode ser dado o comando dentro da pasta tem que estar fora da pasta KINGSTON.
Espero ter ajudado e se alguém souber explicar o porque desse Bug (se for um bug) nos diga por favor.

Leia também:

Fedora 10 no Pendrive (liveusb) com senhas

Instalando o Fedora 10 em um pendrive de 2GB

Como instalar o Ubuntu 8.10 em um pendrive

Dica de leitura: Shell Script Profissional

Instalando o Fedora 10 e 11 em um Pendrive de 2Gb.


Edit0: 19/11/2009 Se estiver procurando o procedimento para o Fedora 12 pode ficar tranquilo, o procedimento abaixo serve também para o Fedora 12. Apenas não tente usar o fedora 10 ou 11 para gerarar um pendrive do 12, pois vai dar erro ou não funcionar direito.

Edit1: O procedimento abaixo também funcionará na Versão Final do Fedora 10.

Edit2: Para aqueles que estão procurando o procedimento para o Fedora 11 aviso que não é necessário procurar mais, os mesmos procedimentos podem ser feitos tanto no 10 quanto no 11 respeitando-se a regra que, para o Fedora 11 tem usar o livecd (instalado também) de mesmo nome e versão, que tudo dará certo como descrito no post o mesmo vale para este aqui.

Fedora 10 Live CD com Broffice(português)

Em dois outros dois posts aqui no OSeoMessias mostrei como se instalava tanto o Ubuntu 8.10 quanto o Fedora 9 em um pendrive(que por falta de verba – no mesmo pendrive) e agora para completar a trilogia, como esta próximo do lançamento do Fedora 10, vou mostrar como instalar a sua versão Pré-Release (última antes do lançamento oficial) no nosso companheiro de todas as horas, o pendrive (continua sendo o mesmo dos últimos posts). Leia mais deste post

Como instalar o Ubuntu 8.10 em um pendrive.


Fonte:http://www.pendrivelinux.com

O que você acha de ter instalado em um pendrive um sistema Linux completo, e que guarde todas as seus programas (depende do tamanho de armazenamento), papel de parede, ícones, arquivos e etc. Eu já tinha feito um tutorial sobre o Fedora 9 no pendrive agora é a vez do Ubuntu 8.10 Intrepid Ibex. O legal é que você terá o seu sistema igualzinho onde quer que você vá.

Materiais necessários:

1.Pendrive → pelo menos 2 Gb
2.Imagem .ISO do Ubuntu
3.CD virgem → para gravar a imagem (não é necessário caso vá usar maquina virtual)
4.Uma conexão com a internet. Leia mais deste post