Colocando o OpenDns para funcionar. Linux e Windows.


Se você tem o Speedy da telefônica já deve ter tido, ao tentar entrar em um link ou ter digitado um endereço de site, um erro de que não foi possível encontrar a página, com um logo da telefônica e tudo mais, parecida com essa do Link, é porque meu caro internauta esta usando os serviços de Dns da Telefônica o qual é dos piores que eu já vi.

Hulk smash.

Hulk smash.

Mas como para tudo existe remédio, menos para a morte por enquanto,  e existe algo que você pode fazer. Mudar de provedor é lógico. Mas se não dá vou te mostrar como melhorar a sua experiência na Web. Vamos lá.

No Linux (Red Hat, Fedora e semelhantes):

O Arquivo encarregado de conter as configurações de DNS do Linux é o /etc/resolv.conf, este arquivo é gerado automaticamente via DHCP ou Networkmanager que por sua vez é enviado pela telefônica então ele vai conter o dns deles óbiviamente. dãhhh.

Para contornar o caso e na inicialização do computador já trocar de Dns faça o seguinte:

Logue-se como root em um terminal e abra o arquivo /etc/rc.local.

#gedit /etc/rc.local  -> aqui usamos o gedit por ser mais fácil para o iniciante mas pode ser qualquer editor que quiser (vi, nano, emacs e etc).

O próximo passo será editar o arquivo, coloque no final do arquivo as duas linhas de comandos.

echo nameserver 208.67.222.222 > /etc/resolv.conf

echo nameserver 208.67.220.220 >> /etc/resolv.conf

Salve e feche o arquivo. Agora quando toda vez que reiniciar o PC ele vai automaticamente mudar a configuração do arquivo /etc/resolv.conf, caso não queira reiniciar o PC para usufruir da nova configuração basta digitar o seguinte comando em um terminal, claro que logado como root.

#/etc/rc.local

Pronto o seu novo Dns esta configurado. Para voltar à configuração anterior basta apagar as duas linhas do arquivo /etc/rc.local e pronto tudo vai voltar ao normal – como se não conseguir navegar fosse normal.

**O arquivo /etc/rc.local é um arquivo que é iniciado depois de todos os outros é mais ou menos parecido com o iniciar do windows por isso foi feita a configuração nele ele é praticamente executado por último na sequência garantindo assim a configuração.

No windows também da para usar o Opendns para isso basta entrar nas configurações de rede -> clicar com o botão direito no ícone referente a sua conexão -> escolha protocolo TCP/IP e clique no botão propriedades.

Você vai encontrar tudo no automático, no referente ao endereço IP não precisa mudar nada, na parte de baixo referente ao  Servidor de DNS escolha a opção – Usar os seguintes endereços de servidor DNS. Nos campos que vão clarear você pode preencher com os IP’s do Projeto OpenDns e sair. Pronto esta configurado no Windows.

Clique na imagem para aumentar o tamanho.

Leia também:

Dia dos namorados, Twitter e O grupo dos Cinco

OpenDns versus DNS Telefônica uma luta injusta.


Estive pouco afastado do blogue por estar sem ter o que escrever, não que não exitam coisas relevantes para escrever mas eu simplesmente não estou muito afim. Desculpas a parte aqui vai uma dica rápida.

Todo mundo já deve ter ouvido falar (bom, pelo menos aqueles que precisaram configurar uma rede já) em DNS ( Domain Name System) que na prática é, um ou mais computadores espalhados pelo mundo afora que servem como tradutores de nomes na internet ou mais ainda um índice de nomes.

Alguma pergunta? Você ai do fundo, com a mão levantada, qual a sua dúvida?
Cara de Fundo: -Como assim tradutor de nomes da internet, é igual a o google tradutor, como assim índice?

Explico, a internet assim como a conhecemos não entende a nossa linguagem de palavras, a internet se comunica por uma coisa chamada IP (Internet Protocol) que nada mais é que números muitos números. Toda vez que você, meu caro internauta digita um nome de algum site no seu browser o mesmo manda uma requisição para uma computador remoto configurado para ser um DNS Server, esse DNS Server tem um banco de dados com todos ou quase todos os endereços IP da internet, fazendo então uma varredura procurando aquele nome o qual você digitou, quando ele encontra devolve o IP do site para o seu computador e então é feita a conexão com o site, as vezes o servidor de DNS não tem o site que você procura no seu banco de dados, então ele faz a requisição para outro e assim por diante até que alguém responda positivamente.

Até aqui tudo bem né, espero estar sendo claro.

Agora porque essa ladainha toda?

A Tira acima foi chupada do site nadaver.com, nesse site vc encontra muito bom humor e varias tirinhas hilárias. Muito bom mesmo. Vale vários cliques. Continuando.

Porque vou falar mau da telefônica, outra vez.
No meu caso os DNS Severs da Telefônica que são os Ips 200.204.0.10 e 200.204.0.138 estavam (sempre estão) aparentemente com problemas. Os computadores do trabalho simplesmente não navegavam na internet (rede Windows + dhcp), mas o meu estava navegando normalmente foi ai que eu lembrei que eu tinha configurado o meu computador para usar os DNS do projeto OpenDns, que nada mais é do que servidores de DNS abertos, nesse caso os da Telefônica, que podem ser usados em substituição aos fornecidos automaticamente pelo seu provedor.
Não deu outra assim que eu configurei as máquinas da rede com o DNS alternativo elas voltaram a navegar novamente. Os ips do Open DNS são 208.67.222.222 e 208.67.220.220 eles são colocados nas configurações de rede do Windows no protocolo tcp/ip na aba propriedade, lá você troca a opção de DNS automático para manual e coloca esse dois, não precisa mexer na configuração automática do IP, aparentemente a navegação ficou mais ágil na internet, no linux a configuração é feita no arquivo /etc/resolv.conf é nele que você pode editar para usar o OpenDns.

Leia também:

Colocando OpenDns para funcionar. Linux e Windows