Uma Quinta-Feira Qualquer. Caso Morróida.


twitterO dia 22 de outubro vai ficar para história twitteira ou quase isso.
Enquanto @julianasardinha do Dicas Blogger estava comemorando sua vitória pessoal sobre o caso Telefônica (o que pode abrir um ótimo precedente), outra ação estava acontecendo no submundo do twitter.
Estava ocorrendo uma votação para a musa do Twitter e na frente estava uma moça bonita, cantora Gospel, Evangélica… Epa,para tudo… oque? Vamo mudar essa P***. Foi desta forma que o @morroida, vulgo Fabião, pensou (eu acho) e como ele adora uma bagunça resolveu botar em prática o seu plano diabólico, maquiavélico de dominação global.
Usando o seu “Sensor Morroidático” escolheu uma twitteira para ser a sua predileta e começou a fazer campanha no twitter, resultado – de última (ou coisa parecida), ela figura agora o primeiro lugar e com bastante folga (sem duplo sentido aqui por favor) sobre a 2ª colocada no ranking das Musas do Twitter.
A twitteira em questão, @Vanessa7685, ficou sabendo, (até onde eu sei) que estava concorrendo cabeça a cabeça pelas primeiras posições apenas quando já estava em primeiro lugar, o que se deu no final da tarde, parabéns Vanessa você merece, ou não.

O que isso prova?

Em primeiro momento prova que o twitter não é somente uma ferramente para ficar trocando links e jogar conversa fora. Pode ser usado também como ferramenta de ouvidoria (por parte das empresas) e como canal de comunicação direta entre o cliente e as empresas. (no caso @julianasardinha)

Prova também que o twiter como ferramenta de divulgação, formação de Opinião, viral e campanha tem um enorme potencial, isso depende também da campanha e o quanto ela vai ser divertida para o participantes.No caso em questão mudar o resultado de uma votação foi bastante divertido, imagino se daria certo nas eleições para Presidente.

Leia também:

Um idiota com um avatar bacana pode se destacar mais do que um cara legal com um avatar idiota