Chromium projetc, um Google Chrome de código aberto.


Chromium is an open source browser project. Google Chrome is a browser from Google, based on the Chromium project.

18-chromium

Já faz algum tempo que o Google Chrome, navegador Web da gigante das pesquisas online – mestre do universo blá blá blá – Google, saiu e eu ainda não testei, até agora.. Porém agora me deu aquela vontade de testar, e como eu uso o Linux Fedora 11, fui no site de download para baixar a versão para o meu sistema, ledo enngano, tive a desagradável surpresa de não encontrar uma versão de download para o Fedora ou Linux em geral.

Pesquisando um pouco na internet descobri que existe uma versão do Chrome para o Linux chamada Chromium, é uma versão open source e que para instala-lo basta seguir o mini tutorial neste texto..

Adiantando o assunto, eu instalei e fiquei impressionado com a velocidade de abertura das páginas, não é tão configurável ou tem plugins como o Firefox ou o Opera (não considero o IE um bom navegador navegador) mas se você quer um navegador com layout limpo, que navegue por abas e que seja de código aberto, sim ele é de código aberto, então o chromium é para você.

Mãos na massa:

Logue-se como root em um terminal e digite: Lembrando que o procedimento aqui descrito é para o Fedora 11.

#vi /etc/yum.reopos.d/chromium.repo

Com o arquivo digite o seguinte: Pode copiar e colar que dará certo.
Cuidado para não mudar nada (uma virgula fora do lugar fará o arquivo não funcionar).

[chromium]
name=Chromium Test Packages
baseurl=http://spot.fedorapeople.org/chromium/F$releasever/
enabled=1
gpgcheck=0

Saia salvando: Tá bom eu explico.
Logo após ter terminado de editar o arquivo aperte a tecla ESC e depois wq! Isso fará que você saia do arquivo salvando-o.
Agora basta instala-lo via yum,

#yum -y install chromium

espere o processo terminar e pronto, comece a navegar no navegado da Google.
Uma dica:Na primeira vez que for usar o navegador ele se oferecerá para importar suas coisas do firefox, responda não e seja feliz.
Para ver outras formas de instalação do Chromium (Google Chrome) no Linux acesse:

Fonte do post: DanielBruno

Instalação para Ubuntu e Debian -> Aqui

Instalação para o Windows -> aqui

Google Chrome Os , O Sistema operacional para Netbooks.


098-chromeA (empresa) Google (que dispensa apresentações) entra de verdade na briga dos sistemas operacionais, e não é com o Android, o novo sistema se chama Google Chrome OS (isso vai ser interessante).
Seu alvo inicial será os netbooks que estarão no mercado na segundo semestre de 2010. O prazo se explica porque segundo a empresa estão procurando por parceiros e entrando em contato com a comunidade open source para discutir, compartilhar ideias e mostrar as suas de como um sistema operacional feito para o usuário final deve ser.
O Google Chrome OS rodara nas plataformas x86 e ARM e será baseado no Linux. Velocidade, simplicidade e segurança são as chaves para o Google Chrome OS que sera construído para em questão de segundos dar boot e já esta conectado a internet.

Ao que tudo indica, o Google Chrome OS será um sistema operacional web(computação de Nuvem), ou pelo menos misto, pois segundo a própria Google ele será projetado para pessoas que gastam a maior parte do seu tempo navegando na Web, esperem integração total com o produtos Google (gmail, gtalk, google docs, picasa, google reader e etc) em forma de Gadgets no desktop.

Nós ouvimos o usuários e a mensagem é clara – computadores precisam melhorar. As pessoas querem acessar os seus email instantaneamente, não querem ficar esperando o navegador carregar ou o computador dar boot. Eles querem que seus computadores não percam performance ao longo do tempo. Eles querem que seus dados sejam acessíveis onde quer que eles estejam e não se preocupar em fazer back-ups ou de perder o seu computador. Há coisas mais importantes do que ficar horas configurando o sistema por causa de uma nova peça de hardware ou ficar baixando atualizações de softwares. Trecho tirado do blogue do Google.

**Digno de Nota. Alfinetada da (empresa) Google. O google chrome – o brownser – foi desenvolvido para pessoas que gostam e gastam muito tempo navegando na internet, mas roda em sistemas operacionais que foram idealizado em uma era que ainda não havia Internet (pelo menos não para todos). O que exatamente ela quis dizer? O futuro vai nos responder. Ficarei aguardando, muito curioso por sinal, pois a Google não entra para perder e nesse caso esta entrando de sola na canela.
Será que por causa do Google Chrome OS, o Windows 7, será um fracasso em netbooks? Será que dessa vez o Google vai mesmo dominar o mundo? Somente  o tempo dirá.

Link para a matéria completa, em inglês.