The Last Airbender, da revolução industrial ao capitalismo x socialismo.


Assisti neste feriado (12 de outubro) o filme: “The last Airbender” que aqui no Brasil foi traduzido como “O último mestre do ar” (sinceramente prefiro “dobrador” de ar, água, fogo e terra como originalmente era traduzido no desenho), mas mais que um bom filme, bem fiel ao desenho (se bem que já faz algum tempo que assisti ao mesmo), notei que por causa de ser uma obra com pessoas de verdade algumas semelhanças com a vida real ficam mais evidentes e a crítica a sociedade também.
Duas principais causas que me levaram a escrever este post foi: o fato de que a nação do fogo passa por uma revolução industrial e que ao mesmo tempo se comporta como uma nação dominadora que quer controlar todas as outras e obter os seus recursos e de ter representados na obra cinematográfica o capitalismo x socialismo.
Embora não seja possível compreender totalmente o capitalismo e o socialismo os quais em sua essência são bons, as pessoas que os regem é quem são Más, mas isso é outra estória. Para saber mais sobre capitalismo leia aqui e sobre o socialismo aqui.
No filme podemos ver claramente (pelo menos eu vi) a divisão capitalismo e socialismo, talvez tenha sido a visão do diretor ou apenas coincidência, mas ela esta lá. Primeiro pelo fato da nação do fogo construir barcos, máquinas e armas (ter o poder de controlar o fogo não é o suficiente para eles) e o fato de terem que usar algum fogo existente para poder usar o seu poder (salvo alguns super dotados os dobradores de fogo não geram fogo) e como todos sabem fogo não é tão abundante quanto água, ar e terra. Segundo é que a nação do fogo segue dominando os “países” mais fracos. Terceiro a “Tribo de dobradores de Água do Norte” são nitidamente uma alusão ao socialismo – do bem.
Vi mais crítica à sociedade neste filme do que no outro Avatar (do James Cameron) mas isso sou eu e eu vejo as coisas diferentes dos outros.
Essa não é uma resenha do filme e também não é uma crítica do mesmo, mas sim meus devaneios depois de ter assistido duas vezes ao filme, do qual se valer a minha opinião – Gostei e estou ansioso para ver os outros dois livros, pois este foi apenas o livro da água.

Este artigo pertence ao “OSeoMessias”. Alguns direitos reservados.

“Um idiota com um avatar bacana pode se destacar mais do que um cara legal com um avatar idiota.”


Um idiota com um avatar bacana pode se destacar mais do que um cara legal com um avatar idiota.
Essa frase eu li em algum site, blogue, twitter mas não lembro agora quem escreveu, quem souber por favor me fala.

No meu post Dia dos Namorados, twitter e o Clube dos Cinco, eu tentei (eu disse tentei) tratar do paralelo do Avatar (não o Filme) e como as pessoas julgam o livro pela capa, falando um pouco das várias personalidades que se pode encontrar na Web e também sobre o que esperar delas apenas julgando pelo avatar, já que a aparência é o seu primeiro cartão de visitas leiam é legal.
snoopy

Escolher uma imagem para o seu avatar é uma coisa muito séria, mesmo que seja a sua foto, pois ela vai representar você naquele momento imortal. Mas você é sempre daquele jeito? Claro que não mas era naquele momento e se escolher uma imagem que não seja a sua própria sempre pense que quer  queira  quer  não ela vai representar um pouco da sua personalidade.

Qual a primeira coisa que você faz quando entra em algum perfil do twitter? Você olha o Avatar da pessoa, no meu caso se for o default eu paro por ai. O Avatar diz bastante sobre nós e o que queremos mostrar para os outros. Leia mais deste post