The Flash. Episódio piloto e as minhas impressões iniciais.


the-flash

Tive a sorte de encontrar nos torrents da vida o episódio piloto de “The Flash” e abaixo segue um breve relato das minhas primeiras impressões, cuidado pode conter alguns leves spoilers.

Logo no inicio do episódio somos indagados por Barry Allen a acreditar no impossível e vemos apenas uma mancha vermelha passar muito rápida pela tela logo descobrindo quem era. Então somos levado para a infância do pequeno Barry em um momento no qual ele sofre bullying de outros garotos e após apanhar um pouco chega em casa reclamando que não conseguia fugir por não ser rápido o bastante, sua mãe o conforta dizendo que é melhor um coração bom do que velocidade, ledo engano.

Então, como a todo aspirante a super herói, acontece uma tragédia surreal a qual culmina na morte da sua mãe e na prisão do seu pai acusado da morte dela fazendo com o pequeno Barry seja criado pelo policial pai de sua melhor amiga. Ele cresce e se torna um cientista forense meio excêntrico porém competente, e muito nerd.

Tudo ia muito bem na vida de Barry Allen, mas na noite da inauguração de um colisor de partículas na cidade acontece uma tragédia. O colisor falha e causa uma explosão que espalha uma nuvem de raios supostamente mortais pela cidade. Porém um pouco antes do acontecimento ele percebe que alguns fatos estranhos estão acontecendo bem parecidos com os da ocasião da morte da sua mãe, então um desses raios o aceta em cheio mandando o, para o hospital. Ele fica em coma durante nove meses e acorda no laboratório do cientista do qual ele é fã e que era responsável pelo colisor de partículas que explodiu, eles tentam explicar o que aconteceu, mas Barry só que saber de sair e não dá a mínima para o ocorrido, porém logo começa a descobrir que ele está realmente mudado.

No geral gostei de tudo que vi, o ator que faz o Flash é bem carismático, os outros personagens também são bons. Encontrei, o que eu acho que é, um easter egg fazedo referencia à série The Big Bang Theory (encontrem) provavelmente agradecendo as vezes que o Sheldon fez alusão ao super herói. Ele também se encontra com Arrow (que não assisti) pedindo conselho, indicando que podem haver crossovers e isso é bem legal.

Confesso que percebi algumas semelhanças com o Espetacular Homem Aranha e em outras vezes algumas cenas me lembraram X-men, (sim eu sei a diferença entre DC e Marvel), pode ser apenas impressão minha, mas foi um ponto a favor na minha opinião. O episódio piloto tem quase 47 minutos, fato que espero que se repita nos próximos episódios,os efeitos especiais são dignos de um bom filme e teve boas cenas de ação e o texto foi bem fluido. Confesso que nunca acompanhei as histórias do Flash, então não sei o que está fiel ou não a história dele, só sei que de agora em diante irei acompanhar esta série. No final ainda tem outra deixa muito legal referente a uma história da liga da justiça onde o Flash desaparece, espero que explorem isso na série futuramente ou nos filmes da Liga da Justiça.

Este primeiro episódio de “The Flash” abre uma leque de possibilidades bem grande, deixando várias perguntas e nenhuma resposta, a única certeza que temos é que tem tudo para ser uma ótima série.

Anúncios

Software livre, India e edução podem dar uma boa mistura


frase-steve-jobs

Gujarat é um dos 28 estados da Índia, sendo um dos estados mais desenvolvidos deste país. Gujarat possui uma área de 196024 km² e cerca de 60 milhões de habitantes (dados de 2011), só para efeito de comparação, o estado de São Paulo tem 248222 km² e cerca de 44 milhões de pessoas (dados de 2013).

E o que tem isso a ver com Software Livre e educação? O fato é que um projeto chamado Li-f-e MATE, um live DVD baseado no OpenSuse 13.1 e o desktop MATE, está sendo usado nas escolas de Gujarat – Índia, para ensinar computação aos jovens estudantes.

Segundo um post no site do OpenSuse, apartir do 9º ano escolar  eles começam a aprender ferramentas de computação que vão desde usar o Libre/OpenOffice até programação em C e Java. Não sei como funciona exatamente a grade escolar deles, mas pelo que está descrito é mais ou menos o padrão adotado hoje no Brasil e ficou assim.

  • 9º ano aprendem a usar o Libre/OpenOffice.
  • 10º ano os alunos aprendem a mexer com linha de comando e Shell Script.
  • 11º e 12 º anos os alunos aprendem C, Java, JavaScript e HTML.

O Li-f-e MATE ainda traz o Synfig Studio que é um software de animação 2D open source que pelo visto também esta sendo usando nas escolas, de resto é uma distribuição Linux normal e para quem não sabe o que é o MATE, ele é um desktop baseado no  Gnome 2, porém possuindo compatibilidade com as novas tecnologias, mantendo-se simples e rápido.

Gosto de iniciativas que visam ensinar computação e principalmente programação nas escolas, pois aprendendo programação e lógica elas aprendem a pensar de fato em resolver problemas de uma forma melhor. É claro que aprender a programar  não é um remédio que serve para tudo, porém porque não ensinar programação ao invés de religião ou educação moral e cívica nas escolas, uma vez que é imensamente melhor ensinar alguém a pensar do quê a obedecer, fazer à repetir apenas. Infelizmente os governos preferem eleitores burros.

[fonte: Opensuse]

Leitura é bom e eu quero mais.


Este post é um pouco para tirar as teias de aranha do blog, já que fazia algum tempo que não escrevia algo aqui.

Este ano tenho lido bem mais do que escrito, e lido bem mais do que eu jamais li em outros anos. Tudo por causa de um aparelhinho chamado smartphone e um tipo de arquivo chamado epub, que é claro todo mundo (espero) sabe o que é, e claro tenho que agradecer aos sites de download de livros, FBI não leia este post.

Então vai ai a lista de livros que li este ano:

Trilogia Millenium – Os Homens que não amavam as mulheres, A menina que brincava com fogo e A rainha do Castelo de Ar (Stieg Larsson).

Trilogia Fundação – Volume único (Issac Asimov).

A Cabana – (William P. Young).

O Senhor das Mocas (William Golding).

A Guerra dos Tronos (George R. R. Martin).

A Fúria dos Reis (George R. R. Martin).

A Tormenta das Espadas (George R. R. Martin).

O Festim dos corvos (George R. R. Martin) – terminando.

O universo numa casca de noz (Stephen Hawking).

Uma breve história do tempo: Do Big Bang aos Buracos Negros (Stephen Hawking).

Deve ter mais algum que não lembro agora ou que foi lido no final do ano passado, mas já é uma lista boa.

Já estou com outros dois na espera para quando eu acabar o Festim dos Corvos, vou ler O Clube da Luta e Rails 3 – Básico (cortesia do brother Guilherme Carreiro).

Tudo isso por causa de um telefone, pois não teria dinheiro para comprar esses livros, quem sabe A Cabana, fora isso viva a internet e os epubs da vida.

De quebra vai um link de um site que tem um monte de livros para baixar de muito boa qualidade.

http://epubr.com.br/ – cliquem e sejam felizes.

“Valar Morghulis” 

Imagem

 

#Say_no_to_the_censure!!!


Imagem

Eles querem nos privar do nosso direito de ir e vir digitalmente.

Eles querem que não possamos nos expressar livremente.

Eles querem ceifar nossa liberdade de disseminar conteúdo.

E com o intuito de parar a pirataria, o que não vão conseguir, vão agir como bloqueadores dos sites que não dizem ou disseminam a ideia que eles plantam.

Diga não ao SOPA.

Arte no Cheque. Ou não.


Pinturas e desenhos interessantes em folhas de cheques.

Os poucos direitos e os muitos deveres Universais do Homem.


Deveres Universais.

  • Todo homem tem o dever de usar terno para parecer elegante mesmo que seja verão.
  • Fazer a barba todos os dias, mesmo que isso cause irritação na pele.
  • Usar cueca apertada.
  • Viver sob o perigo eminente de entrar em uma briga a qualquer momento.
  • Pilotar a churrasqueira nos finais de semana, enquanto todos se divertem.
  • Saber resolver, sempre, todos os problemas referentes a veículos automotores.
  • Ser um atleta sexual, digno de filme pornô, mesmo após 10 horas de trabalho exaustivas.
  • Notar a roupa nova dela.
  • Notar que sua parceira mudou de perfume.
  • Notar que ela mudou a tintura de cabelo de louro médio para louro médio acaju.
  • É obrigação do homem notar que sua parceira cortou o cabelo, mesmo que seja somente um centímetro.
  • Ser totalmente indiferente e jamais tocar no assunto sobre as celulites de sua parceira.
  • Nunca em hipótese alguma, mesmo que sob tortura dizer que ela engordou, mesmo que isso seja verdade e que a faça entrar em uma academia.
  • Trabalhar exaustivamente em prol de uma família, que irá reclamar que você trabalha demais.
  • Passar por uma TPM, que não lhe pertence, calado todos os meses.
  • Tomar banho, fazer a barba e se vestir em menos de vinte minutos e esperar outras duas horas para a mulher se arrumar.
  • Matar todas as baratas que aparecerem na casa ou qualquer outro bicho e insetos que por ventura virem a aparecer.
  • Ser ao mesmo tempo, carpinteiro, marceneiro, eletricista, mecânico, ou  qualquer outra profissão que exista, e não ser pago por isso.
Direitos Universais.
  • Tem o direito de ficar calado e qualquer palavra que disser pode ser, e será usada, contra ele em uma discussão de relacionamento (DR) e/ou no tribunal.
  • Tem o direito de discordar de todos os deveres acima citados, mas isso não faz a menor diferença uma vez que não poderá falar nada.
  • Tem o direito de dormir no sofá mesmo estando certo em uma DR.

Este artigo pertence ao “OSeoMessias”. Alguns direitos reservados.