É sempre bom ganhar um presente.


0821_215321

Como eu disse no post passado eu ganhei um exemplar do Livro – Linux, Entendo o Sitema”  autor “Carlos E. Morimoto” do site  Guia do Hardware.

Devo agradecer mais uma vez a @julianasardinha

e o Dicas Blogger por este presente e deixar o meu relato de inveja aos que ganharam as camisetas, porque o de melhor texto era uma missão impossivel dado o alto nível dos concorrentes. Parabéns a todos também, porque todos ganham com o Dicas Blogguer.

Fotos do livro. Fotos tiradas em um A1200 e fonte de luz duvidosa, ehh pobreza.

0821_214858

0821_214826

Anúncios

WP.me encurtador de URL embutido no WordPress.


alto-e-baixoEncurtadores de url tem aos montes – virou moda junto com o twitter – aqui no brasil o que pega é o migre.me, estes sites/serviços tem a vantagem de pegar uma linha enorme de caracteres difíceis de se entender e trocar por pouco mais de 10 caracteres, isso é especialmente útil no twitter por causa do seu numero limitado de caracteres, 140 para ser exato, ajudando assim a você amigo internauta a escrever mais naquele pequeno retângulo e mesmo assim passar uma mensagem com muitos caracteres inuteis ou um link enorme, que pelo menos você acha imprensidivel para os outros Twitters.

Agora pense na seguinte hipótese, você tem lá o seu blog no wordpress, seja por diversão ou seja pelo dinheiro não importa, você escreve um texto, edita o texto, edita outra vez, lê o seu próprio texto (auto-masoquismo), edita novamente e depois de 3 dias ele ficou legalzinho e você não quer que apenas os dois leitores assíduos do seu blog leiam, você quer mais, você quer divulgar para o mundo então o que você faz? Copia o link do texto entra em um site ou programa que encurta a url cola a linha com o seu link no lugar indicado e depois tem copiar de volta o novo link, já encurtado, e colar no twitter – falando assim parece que é até difícil né?

Essa encheção de linguiça é apenas para dizer que o wordpress agora tem incorporado na edição do post um botão chamado “Get Shortlink” que nada mais é do que um encurtador de url embutido no post, você clica nele e já copia o seu link encurtado então é só colar no twitter e esperar a fama e a glória.

Tá bom não é tudo isso, mas é um recurso a mais, facilita um pouco.

Para que ainda não se situou uma imagem explicativa.

tela do wordpress_cortada

Link para o anuncio em inglês.

Os 7 melhores clientes do twitter para linux.


Twitter, o fenômeno do momento onde várias polêmicas foram criadas e que segundo dizem é coisa de velho (graças aos deuses)  não esta orkutizando como parecia o andar da carruagem até os #Famosos  – os sem conteúdo – estão voltando para a caverda da qual saíram. Mas nada disso tem a ver com o post que na verdade é sobre os clientes do twitter usados no Linux, os  7 mais para ser mais exato e sem mais preâmbulos vamos a nossa listinha.

“Nem só de TwitteFox viverá o internalta” “twitterious cap. 4, Vers. 5”

  1. TweetDeck – Dá para fazer a maioria das coisas que se faz na web como dar unfollow, follow, RT, reply etc, já tem um encurtador de url embutido e dá para configurar junto com o facebook. É separado em colunas  o que o torna bem fácil de entender, para instalar ele no fedora 11 siga esse tutorial.
  2. twhirl – conexões multiplas com contas do Twitter, laconi.ca, Friendfeed e Seesmic também já vem com encurtador de url (using digg.com, bit.ly, snurl, twurl or is.gd) configurável também para o Facebook e Myspace. – Não usei mas me parece bom, também requer o Adobe Air instalado assim como o TweetDeck.
  3. Qwit – Baseado no QT4 fica melhor se rodando junto com o Kde, não tem muitos funcionalidades, apenas o básico, mas é usável. Tem gente que “tweeta” da web, não é verdade?
  4. Spaz – Também precisa do Adobe Air instalado, gostei mais do que Qwit, como todos os outros tem encurtador de url, aceitas outros temas e o interessante é que ele tem em separado os seus followers e followings entre outras perfumarias.
  5. Choqok – rápido, leve e eficiente, sem muitas frescuras é um ótimo cliente para Kde. Tem integração com o Twipic.com, mas o seu encurtador de url é acionado automaticamente quando tem uma url maior que 30 caracteres (talvez o seu maior defeito), requer o Kde4 instalado.
  6. Gwibber – Cliente do Twitter para o Gnome, aceita temas, tem procura por #hashtags, dicionário e encurta as Url’s automaticamente. Nos meus testes a única coisa ruim que eu achei dele é que ele perde a conexão com o servidor depois de um tempo sem tweetar, espero que concertem isso logo.
  7. Twitux – É leve e funcioanal mas é feio, não tem um bom designer, além de que se o Avatar da pessoa for grande ou fora do padrão o twitux ira mostrar a foto muito grande.

Esses foram alguns exemplos de como interagir com o twitter sem ter que estar no site ou usar o TwitterFox (Add-on para o firefox).
Instale um desses, eu indico o TweetDeck, e boa tweetada.
Via Linux Today

A Relevância da Relavância no Twitter.


Relevância:
1.supremacia, destaque, importância

Destaca-se a relevância do controle da inflação na política econômica atual.

Relevância significa então algo que importa, trazendo para a realidade, é algo que pode mudar a opinião das outras pessoas, a opinião dela é importante você concordando ou não.
Agora com a onda do twitter essa palavra entrou em voga novamente, casos de scripts que incham o perfil com números enormes de pessoas usando a “reciprocidade” para ganhar muitos followers, mimos para ganhar seguidores tudo isso causou polêmica (#mimimi, não resisti) justamente porque são feitos por pessoas que não tem tanta (ou nenhuma) influência na Web e entraram de gaiatos nessa história pensando que a Internet e o twitter eram terras de ninguém e que aumentariam sua pseudo-fama.

Feliz dia Do Amigo.

Feliz dia Do Amigo.

Então o que mudou? O que mudou é que agora ter muitos seguidores não quer dizer nada, tudo depende de como você os consegue. Pagar para ter seguidores é como jogar dinheiro para a plateia para rirem da sua piada – não tem valor.
Seguindo a dica do @tplayer eu fiquei conhecendo o Twitter Grader, um aplicativo web que tenta medir a sua relevância no twitter e como ele faz isso que é interessante.
O twitter grader ao contrário do twitter counter cruza os dados de quem você segue e quem eles seguem, vê histórico de atualizações e replicamento de suas mensagens, mais uma vez não adianta ter 2 milhões de seguidores se todos são Bot’s ou pessoas que nunca postaram no twitter.
O twitter grader da uma nota que é de 0 a no máximo 100, e mostra um Rank (quanto menor, melhor colocado) que seria a sua relevância (olha ela ai de novo) na twittosfera.
Muitos podem até torcer o nariz para isso e dizer que esta cagando e andando para essa tal de relevância, mas quem é usa isso em próprio benefício(divulgando o próprio trabalho, blog, sites são apenas alguns exemplos) mesmo fazendo discurso contra esses tipos de métricas.

Clique na imagem para amplia-la.

Uma Imagem vale por mil palavras. Notem que não adianta ter mais de 2,5 Milhões de followers, embora ajude a ter um ranking maior não é o único contador. Os resultados são bastante interessantes e para quem gosta de ficar medindo o seu com o dos outros é um prato cheio.

**Nota importante. Os exemplos da imagem são de pessoas que eu acho “relevantes” e um outro não tanto, mas que serviu para comparar que números de followers não é a mesma coisa que era nos primórdios do twitter.

Blogs lidos para esse post:

Leia também:

Technorati , ,

<a href=”http://ueba.com.br/NovoLink?url=&lt;?php the_permalink() ?>&origem=[NOME_DO_SEU_SITE]”>
<img src=”http://icons.ueba.com.br/ueba1.png&#8221; border=”0″></a>


“Um idiota com um avatar bacana pode se destacar mais do que um cara legal com um avatar idiota.”


Um idiota com um avatar bacana pode se destacar mais do que um cara legal com um avatar idiota.
Essa frase eu li em algum site, blogue, twitter mas não lembro agora quem escreveu, quem souber por favor me fala.

No meu post Dia dos Namorados, twitter e o Clube dos Cinco, eu tentei (eu disse tentei) tratar do paralelo do Avatar (não o Filme) e como as pessoas julgam o livro pela capa, falando um pouco das várias personalidades que se pode encontrar na Web e também sobre o que esperar delas apenas julgando pelo avatar, já que a aparência é o seu primeiro cartão de visitas leiam é legal.
snoopy

Escolher uma imagem para o seu avatar é uma coisa muito séria, mesmo que seja a sua foto, pois ela vai representar você naquele momento imortal. Mas você é sempre daquele jeito? Claro que não mas era naquele momento e se escolher uma imagem que não seja a sua própria sempre pense que quer  queira  quer  não ela vai representar um pouco da sua personalidade.

Qual a primeira coisa que você faz quando entra em algum perfil do twitter? Você olha o Avatar da pessoa, no meu caso se for o default eu paro por ai. O Avatar diz bastante sobre nós e o que queremos mostrar para os outros. Leia mais deste post

Dia dos Namorados, Twitter e o Grupo dos Cinco.


Estão dizendo por ai que o twitter vai quebrar (pois não quebrou, post saiu um pouco atrasado), pois tem um bug que vai inviabilizar o uso nesta data de 12/06 assim que alcançar a marca de 2.147.483.647 qualquer coisa, mas não é o dia dos namorados que vai causar isso, pode até ajudar mas o grande causador desse crash (além da falha na programação) é a incessante busca de ser ouvido (no caso lido) ou seja a busca de reconhecimento. O Twitter é como se fosse um jogo de âmbito mundial cujo o objetivo é fazer seguidores, e para isso todos tentam ser relevantes porém essa relevância é muito superficial, uma vez que você escolhe o que vai ser no mundo virtual, e não tem campo melhor para isso do que o Twitter, uma vez que mundos virtuais like a “Second Life” são propriamente jogos e você não vai ser levado tão a sério quanto no Twitter chegando ao ponto de ser considerado celebridade neste último.
Mas o que faz ou o não sucesso no Twitter?
Ser uma celebridade dos cinemas ajuda, pegar a Demi Moore então, ser blogueiro ou manter um site famoso, mas também depende do que você parece ou aparenta a primeira vista do que os outros vão esperar de você, um nick legal e um avatar também podem ser um cartão de visitas como na vida real as aparências contam o que me leva ao terceiro item do Título do post.
Eu tive a grande sorte de não ter sono ontem a noite e pude assistir pela, sei lá quantas vezes foi mas toda vez que passa eu assisto, o belo filme “O Grupo dos Cinco” no original em inglês “Breakfast Club” um filme dos anos 80, que representa na visão do cineasta, a juventude daquela época.
Mas o que eu quero dizer com isso tudo até agora?123046__breakfast_club_l
Bem começando sobre o enredo do filme, para aqueles que não o viram, 5 adolescentes diferentes entre si (digamos de castas diferentes – Glória Perez) que estão de castigo em pleno sábado o dia inteiro por terem cometido alguns delitos. Eis que esses jovens podem ser descritos como internautas e a sala seria o twitter e o que se segue no decorrer do filme são twittadas dos mesmos e a esperança de serem notados e compreendidos porque o que todos querem é serem aceitos (seguidos, entendeu?) mesmo que para isso tenham que não se misturar com alguém (unfollow) mas em todo caso assim como na internet na maioria das vezes não somos conhecidos por quem somos e sim pelo que nossos avatares represntam e nesse filme a pessoa que assiste é convidada a conhecer quem são as pessoas por trás dos avatares, já que cada um tem o seu esteriótipo que leva a fazer um juízo, um pré julgamento do que a pessoa realmente é.

Vamos aos tipos.

O marginal

O marginal

John Bender – ele é o delinqüente, é o cara que seguido de um nickname bizarro é capaz de falar o que quer e não esta nem ai para o que os outros falam, por esse motivo não é muito seguido, não porque não queira mas por não estar nem ai – ou não – é também o que mais pode surpreender, justamente por ninguém esperar nada dele é que poder se surpreender bastante, no filme ele se prejudica pele grupo. Os seu seguidores são normalmente seus amigos que por conhece-lo sabem que ele pode ser gente fina. Siga com moderação.

filhinho de papai

filhinho de papai

Andrew Clark – boizinho filho de papai, esta no Twitter apenas porque é a última moda se caracteriza por seguir muito mais do que é seguido, justamente porque é uma pessoa que não tem uma opinião própria, no filme vive a mercê do que o pai e o treinador pensam que ele deve ser. Iguais a ele no twitter tem a dar com pau, não tem voz própria da RT (re-twitte) sem saber o que e a qualquer hora. Morre de vontade de ser reconhecido pelo que realmente é mas morre de medo de transcender essa fronteira. Há os casos que dão certo tipo, estrelas de cinema acéfalas, mas isso é outra história.

Brian Johnson – é o nerd da turma, esse tipo no twitter tem um avatar legal, normalmente não coloca uma foto real, no

O Nerd

O Nerd

twitter em dia tem muitos seguidores pois são os formadores de opinião, o que eles pensam conta bastante no mundo da Web. Na vida real eles são menos sociáveis do que os dois primeiros grupos mas hoje em dia ser Nerd é moda e eles como sempre não estão nem ai. Os nerds em geral tem mais seguidores do que seguidos pelo motivo de filtrarem o conteúdo, então sinta-se lisonjeado quando um te seguir.

a minha preferida

a minha preferida

Allison Reynolds – é o tipo diferente exótico, gosta de chocar o seu nickname é por muitas vezes chamativo, provocante, parece ter uma personalidade liberal, pode ser muito mentirosa, as vezes fake, mas é natural que fale o que os outros acham que ela deve falar, mais pelo personagem que representa, no fundo é uma pessoa como as outras que quer ser seguida, e para isso segue, normalmente tem um número de seguidores bem páreo ao de seguidos, não faz muita distinção a quem segue. Gosta de ser excitante.

Claire Standish – a popular, usa a beleza para conseguir o que quer, tem medo de ser diferente das pessoas do seu próprio grupo, usam mesmas roupas os cabelos se parecem no corte, lêem revistas de fofocas e por isso as suas

A popular

A popular

twittadas são sempre mais voltadas para esse público, as pessoas que as seguem são na maioria pessoas que querem esse dito “glamour” mas não tem opinião para discernir, seguem-na porque elas são o esteriótipo de beleza, mesmo que vazia. No filme só para saber ela queria ser reconhecida mais pelo que ela tinha por dentro não pelo que tinha por fora, mas tinha medo de mostrar isso.

Esses cinco indivíduos nas suas singularidades nos brindam com bons diálogos e problemas que atormentam o nosso cotidiano, o que eu tentei fazer foi montar um paralelo entre a realidade representada nos anos 80 e o tempo atual e demonstrar que o que mudou foi apenas a forma de nos camuflar, de nos esconder com medo de que os outros percebam o quão fracos nós realmente somos.