Ser Fake ou não Ser Fake, eis a questão.


O twitter vem crescendo exponencialmente e alguns estimam que chegue a marca de 100 milhões de usuários até o fim do ano, este grande crescimento acabou chamando a atenção das ditas “celebridades” que cada vez mais querem ter um contato mais direto com o público e viram no Twitter essa possibilidade.

Mas como tudo não são rosas e o espinho é o que marca não a beleza, surgiu então uma praga (que já existia em outras mídias sociais) chamada “Fake” e que no Twitter ganhara nova força justamente pelo fato de o twitter ser uma ferramenta de comunicação e não um mural de recadinhos.

Não sou completamente contra Fakes, pois alguns são melhores ou mais engraçados do que os seus originais e principalmente não tentam enganar dizendo que são os verdadeiros. O problema  esta justamente nesses que na ausência do verdadeiro no microblog(ou não)  se fazem passar pelos verdadeiros, alguns são bem convicentes, e que causam algum transtorno para o “Real” que muitas vezes não esta no twitter e é questionado pelo que não disse.

Mas tem aquele fake que não quer tomar o lugar do original e faz questão de falar isso para todo mundo, é o caso do @ChristianPior (ele mudou de nome para @HugoGloss) que ficou conhecido por todos como o Cover do @EvandroSanto, bem mais legal (se é a minha opinião vale alguma coisa), o caso é que nessa matéria no site da Abril o Evandro Santo fala que não estava sendo legal para ele ter uma pessoa no twitter fazendo o personagem que ele deu duro para criar – Leia aqui a matéria. Agora o que eu acho o maior absurdo é que o próprio Evandro Santo não via problema nisso, já que no perfil do, hoje chamado @HugoGloss, avisava que ele era um cover, mas esse equilibrio delicado durou pouco, cada vez mais @ChristianPior (o cover) crescia mais em números de seguidores até que o Evando Santo deu um Basta e conseguiu, via justiça que o seu Cover mudasse o nome no qual era conhecido no Twitter. Deve ter sido um caso de assessores-nos-ouvidos-por-causa-de-grana. Se fosse assim o Casseta&Planeta (e muitos outros comediantes por ai) não poderiam ganhar dinheiro imitando o Presidente Lula, pois este é um personagem criado pelo Luiz Inácio da Silva, ou de qualquer outro artista.

Uma dica para os famosos: Alguém que faz um perfil no twitter quer interagir com o pessoal e quem sabe ficar conhecido nesse processo, alguns mais outros menos, existem várias maneiras e artimanhas para tal feito, mas VOCÊ ARTISTA FAMOSO, não precisa VOCÊ ja tem a fama, o seu caminho é ao contrário, VOCÊ tem que mostrar para os seus fãs que é gente de carne e osso igual a eles, o maior exemplo de todos é o @RealBonner que desceu de um pedestal (que nós o botamos) e demonstrou ser uma pessoa normal que tira o lixo para fora como todo mundo, mas mesmo assim não deixou de ser aquele cara do Jornal Nacional.

Terminando Fake ou não seja honesto com os que te seguem pois esses (poucos ou muitos) followers são os que na verdade interessam, mesmo que vários parem de ter seguir depois que descobrirem os que ficarem é porque gostam do que você transparece nos tweets.

E você o que acha dos Fakes, Coveres, Paródias, etc que têm no Twitter ou em outras mídias sociais?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: