Crise Mundial: Prós e Contras à adoção do Linux em Desktops.


"Desde que eu conheci o Linux, não tive mais tela azul da morte" "Optimus Prime - para O Seo Messias"

"Desde que eu conheci o Linux, não tive mais tela azul da morte" "by Optimus Prime - para O Seo Messias"

Linus Torvalds em recente entrevista ao DistroWatch afirmou que acha que ter muitas distros Linux é uma coisa boa, pois cada uma serve a um nicho diferente, disse também que não acredita que haverá um ano do Linux e sim um crescimento constante. Na entrevista ele ainda fala um pouco sobre os netbooks e a distribuição que ele usa nos computadores pessoais.
“Linus Torvalds usa Fedora”. Hehehehe legal.

Mas para um crescimento constante do Linux temos que ressaltar alguns pontos, que se forem bem explorados podem vir a ser de grande ajuda, mas se mau explorados podem prejudicar o crescimento do Linux em Desktops. Vamos aos pontos:

Prós:

  • Netbooks: esses pequenos notáveis estão na moda e com eles os sistemas operacionais que nele vem instalados, Linux originalmente, e diferente do que acontece nos Pcs e NoteBooks, o usuário esta trocando menos de sistema operacional que pode ser causado pela dificuldade de não ter drive de CD ou DVD ou pelo fato que o sistema instalado esta mais perto do que o usuário precisa, sendo qualquer uma das duas opções ou as duas ao mesmo tempo vale salientar que os Netbooks são também um conceito, veja o exemplo dos celulares, ninguém compra um celular para trocar o sistema (salvo eu) que vem nele embarcado e sim para usufruir do que o conjunto celular e sistema tem para oferecer, sendo assim o usuário aprende a usar o celular independente da marca ou sistema que nele vier, quando o usuário troca de aparelho começa-se um novo ciclo de aprendizagem e se ele gostou do antigo terá uma maior chance de continuar com aquela marca ou sistema, dada as devidas diferenças o usuário do netbook se gostar do sistema (Linux) pode vir a querer instala-lo no seu desktop.continue lendo
  • Crise mundial: Até a crise pode ajudar o Linux, para isto acontecer é apenas necessário que os empresários vejam a vantagem de oferecer mais produtos com Linux instalado de fábrica barateando assim o preço final. Atentando para a boa qualidade da instalação e suporte, é claro.
  • Microsoft: Com certeza a ideia da Microsoft não é de ajudar o Linux, mas devido a alguns erros que vem cometendo pode sim vir a ajudar um pouco, mesmo sem querer, o Linux a aumentar a sua participação no mercado de desktops. É só analizar o Windows XP esta se despedindo (fui), o Vista não é bem Visto (ehhh trocadilho) e o Windows 7 ainda é incerteza pode ser um fracasso como foi o Vista ou um sucesso, temos que aguardar para ver.
  • A mídia: Não se fala de Linux na TV parece um tabu sei lá, o que acaba fazendo o usuário iniciante achar que somente existe o Windows ou que o computador é o Windows, acreditem isso existe. Se houvesse mais Linux na mídia (jornais, TV, rádio, e magazines Luiza e casas Bahia da vida) com certeza o consumidor pelo menos perguntaria por esse tal de Linux que viu no comercial.

Contras:

  • Com a fama crescente do Asus EeePc e afins, a venda de notebooks normais com preços mais baratos e Linux instalado aumentou também, é ai que mora o perigo. Na maioria são Notebooks que estão saindo de linha e para dar mais um pouco de vida a eles estão instalando o Linux e vendendo a preços que as vezes ficam abaixo dos R$ 1000,00 reais. Mas o barato pode sair caro nesses casos a instalação padrão do sistema no Notebook é feita porcamente, não sendo configurandos corretamente alguns periféricos a exemplo, placas de rede sem fio, e quando acionada a garantia ou suporte o usuário é instruindo muitas vezes a instalar uma cópia do Windows pirata e o Linux é quem fica com a “Má” fama de não funcionar.
  • Se por um lado pode ser benéfico aumentar a demanda de PC’s com Linux embarcado (instalado de fábrica) com a finalidade de vender mais com um preço mais acessível o tiro pode sair pela culatra se não for dado um bom suporte e conscientizar o comprador do que ele esta comprado e porque. Não da suporte é muito falho principalmente para quem vende computadores como Linux e instalar distrôs que sempre estão sendo atualizadas e tem uma comunidade ativa é, na minha opinião, a escolha mais acertada uma vez que o usuário terá um bom suporte em fóruns tais como o Fedora, OpenSuse, Ubuntu e etc. Novamente fica a má impressão do Linux como Vilão.
  • Como dito acima a Microsoft,e suas; digamos mancadas,pode acertar também. Para isso basta que ela faça um sistema livre de vírus, com preço acessível (free seria melhor) e que precisasse de menos hardware para funcionar. É vamos ver o Linux crescer por muito tempo ainda.
  • E a mídia, essa vilã silenciosa que não da um pio a respeito de software livre, Linux e assuntos relacionados, essa mídia que só visa o lucro e não se importa se é bom ou ruim importa-se apenas se a propaganda é boa ou não, vendendo o que lhe pagam para vender. Essa mídia que não faz Linux aparecer é ruim pois onde é que o futuro usuário vai ter alguma informação (leva-se em conta que o mesmo use a internet para orkut e bate-papo) a não ser nos comerciais que passam nos horários das novelas, Faustão ou do Caldeirão do Hulk? Se tiver computador na jogada é com Windows e com Start Edtion, uma pechincha.

Concluindo não é fácil traçar o futuro do GNU/Linux como sistema para desktops, o fato é que temos distribuições muito bem acabadas que dão baile no Windows, mas que recebem a má fama adquirida do passado, de quando o Linux era difícil e usava apenas linha de comando e ainda tem as más instalações por parte dos revendedores sem respeito pelo consumidor fazendo recair a  culpa de tal periférico não funcionar no Linux causando outra má impressão de algum hardware não via funciona no Linux, sendo o único culpado o fabricante por não desenvolver um drive para o Linux.

Leia também:

One Response to Crise Mundial: Prós e Contras à adoção do Linux em Desktops.

  1. PPC Classroom disse:

    The same strategy as listed above however in this case, you’ re dealing in sheer volume. This is more effective than sending out individual emails but also carries a huge price. Sending out mass email is dangerous to the health of your identity. Many times doing so will result if you losing your email account as well as your account with your ISP. Email spam over the years has become something that people take very seriously and it is something that you do not want to get into. While by dealing in such bulk…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: